As Ruffles São Veganas? Descobre Quais Os Sabores Que São

À semelhança das Lay’s, Doritos, Sunbites, entre outras marcas de batata frita, a Ruffles também é propriedade da FritoLay, uma divisão da PepsiCo que fabrica, comercializa e vende salgadinhos, principalmente batata frita.

As Ruffles são das batatas fritas mais vendidas no mundo. Não me surpreende que tantas pessoas queiram descobrir se são veganas.

Alguns dos sabores das batatas fritas Ruffles são vegetarianos estritos. Como a maioria das marcas de batatas fritas, alguns sabores são livres de ingredientes de origem animal e outros contêm ingredientes derivados de animais, como leite e queijo.

Neste artigo aprofundo detalhadamente quais as Ruffles que são adequadas a vegetarianos estritos e quais contêm ingredientes de origem animal, tanto no Brasil como em Portugal. 

 

Ruffles no Brasil

Sabor Vegan* Ingredientes de Origem Animal/Duvidosos
 Original  
Cebola & Salsa soro de leite
Churrasco  
Queijo soro de leite e queijo
Flamin Hot contém derivados de leite

*tecnicamente vegan, isto é, tendo em consideração apenas os ingredientes.

Ruffles Original

Ruffles Original

O sabor original é possivelmente o único sabor livre de ingredientes animais da Ruffles à venda no Brasil.

A batata original contém apenas 3 ingredientes: batata, óleo misto vegetal de palma e soja e sal.

Ruffles Cebola & salsa

Ruffles Cebola e Salsa

Os ingredientes do sabor cebola e salsa são:

Batata, óleos vegetais, preparado para salgadinho com cebola e salsa [soro de leite, sal, especiarias (cebola, salsa e pimenta branca), farinha de arroz, cloreto de potássio, maltodextrina, amido, realçador de sabor glutamato monossódico, aromatizante, antiumectante dióxido de silício, corante caramelo IV e corante natural urucum].

Por conter soro de leite este sabor não é adequado a veganos ou vegetarianos estritos.

Ruffles Churrasco

Churrasco

Parece que a batata de sabor a churrasco contém mesmo carne na constituição do seu aroma e por isso não é adequado a veganos nem vegetarianos.

Ruffles Queijo

Ruffles sabor a queijo

Os ingredientes do sabor a queijo são:

Batata, óleo misto vegetal de palma e soja e preparado para salgadinho com queijo (maltodextrina, soro de leite, sal, óleo vegetal de palma, xarope de glicose, cloreto de potássio, extrato de levedura, queijo, realçadores de sabor: glutamato monossódico e 5-ribonucleotídeo dissódico, aromatizantes, antiumectante dióxido de sílico, acidulante ácido cítrico, emulsificante mono e diglicerídeos de ácidos graxos, corantes: cúrcuma e urucum e regulador de acidez fosfato dissódico).

As batatas de sabor queijo contêm mesmo queijo e leite e por isso não são adequadas a veganos.

Ruffles Flamin Hot

Ruffles Flamin Hot

No caso do sabor Flamin’ Hot está descrito nos alergénios que contém derivados de leite e lactose. Assim, já sabemos que não deve ser consumido por veganos.

Ruffles Tira Onda

Disponível em 3 sabores (original, sour cream & cebola, cheddar), a batata tira onda da Ruffles é um produto super recente no Brasil de que ainda se sabe pouco.

Aguardo informação por parte da PepsiCo para compreender se algum destes sabores é livre de ingredientes de origem animal.

Ruffles em Portugal

Sabor Vegan* Ingredientes de Origem Animal/Duvidosos
 Original  
Ketchup  
Presunto leite

*tecnicamente vegan, isto é, tendo em consideração apenas os ingredientes.

Ruffles Original

Ruffles Original

A Ruffles Original à venda em Portugal contém apenas 3 ingredientes (batatas, óleo de girassol e sal) e nenhum é de origem animal.

Ruffles Ketchup

Ruffles Ketchup

Os ingredientes do sabor ketchup são:

Batatas, óleo de girassol, aroma a ketchup [açúcar, preparações aromatizantes, sal, tomate em pó, glutamato monossódico, ácido cítrico e corante (extrato de pimentão)].

Apesar de incluir alguns ingredientes dúbios como aromas e intensificador de sabor, a marca confirmou que as Ruffles Ketchup são livres de ingredientes de origem animal.

Ruffles Presunto

Ruffles de Presunto

Os ingredientes do sabor presunto são:

Batatas, óleo de girassol, aroma a presunto [sal, lactose (de leite), intensificadores de sabor (glutamato monossódico, inosinato e guanilato dissódicos), proteína de soja hidrolizada, preparações e substâncias aromatizantes (contêm leite), aroma de fumo].

Como contém leite este produto não é apto a veganos.

Política de Testes em Animais da PepsiCo

Já há algum tempo que a transnacional PepsiCo deixou de fazer, promover e financiar estudos cruéis em animais.

Ainda assim são praticados testes quando é exigido por lei para demonstrar a segurança ou eficácia dos produtos/ingredientes.

Passo a traduzir a política:

«PepsiCo não conduz testes em animais no que diz respeito aos nossos produtos alimentares e bebidas ou ingredientes, exceto quando exigido por lei para demonstrar a sua segurança ou eficácia. Nestes casos específicos, os nossos fornecedores de ingredientes, PepsiCo, bem como associações comerciais utilizam laboratórios terceirizados qualificados para conduzir os testes seguindo diretrizes aceites internacionalmente. PepsiCo pode providenciar apoio financeiro para estes estudos caso a caso.

Nós encorajamos a utilização de testes alternativos validados sempre que possível e apoiámos financeiramente pesquisas para desenvolver o uso apropriado destes métodos alternativos.»

Podes ver a política original em inglês aqui.

Patrocínios a Eventos com Animais

Empresas como a PepsiCo e a The Coca Cola Company têm um grande historial de patrocínio a eventos cruéis para com os animais.

A Coca Cola claramente ainda patrocina estes eventos (por exemplo os rodeios dos EUA).

Ao contactar a Pepsi foi me explicado que na Península Ibérica a empresa não patrocina eventos com animais, mas não consegui obter informação sobre estes patrocínios a nível mundial.

Apesar do logo da Pepsi começar a aparecer menos vezes, ainda aparece em alguns destes eventos, como por exemplo:

Sumário

Como a maioria das marcas de batatas fritas, a Ruffles comercializa alguns sabores com ingredientes de origem animal, como leite e queijo.

No Brasil o único sabor que poderia ser considerado vegano é o mais simples, o original.

Em Portugal tanto o sabor original como o ketchup são livres de ingredientes derivados de animais.

A PepsiCo já não financia ou promove testes em animais mas ainda os pratica quando exigido por lei para garantir a segurança/eficácia dos ingredientes/produtos. Adicionalmente a marca patrocina alguns eventos que utilizam animais.

Assim,  veganos poderão querer evitar comprar produtos deste tipo de multinacionais e privilegiar marcas nacionais que não pratiquem crueldade animal.