Os Melhores Livros de Receitas Veganas de 2021

Os Melhores Livros de Receitas Veganas de 2021

Finalmente a iniciar a rota do veganismo, mas com dificuldades em cozinhar comida vegana?

Sem problema. Mesmo que nunca tenhas cozinhado na vida este post indica-te bons livros para que facilmente te aventures na cozinha e cries pratos veganos deliciosos.

Vindo de uma família em que a carne é o ingrediente chave para qualquer prato, a minha mudança de dieta não foi vista com bons olhos e ainda hoje existem momentos de discussão.

Com ajuda de guias nutricionais e livros de receitas foi uma transição fácil. É possível mesmo nos dias tradicionais, como o natal e a páscoa, fazer comida maravilhosa.

Aqui vai uma lista de 10 livros de receitas destacados e atuais:

#1- Cozinha Vegana Para o Dia a Dia

Com este livro é muito fácil de ter uma alimentação vegana completa.

Foi me oferecido por uma amiga muito querida e tem sido uma das melhores ferramentas de cozinha.

Versátil com receitas de petiscos, entradas, molhos, pizzas, hambúrgueres, saladas, bolos, semifrios, bolachas, entre outras. Inclui também uma parte com informação sobre as unidades de medida e informação nutricional de muitos vegetais e leguminosas.

Tem mais de 100 receitas e a maioria tem um baixo nível de dificuldade e ingredientes fáceis de encontrar.

Como facilmente me farto de fazer a mesma receita, já experimentei muitas deste livro e todas correram bem, super saborosas!

 #2- Cozinha Vegana Para Quem Quer Ser Saudável

Mais um excelente livro da mesma autora que o anterior e que coloca a saúde em primeiro lugar.

A Gabriela Oliveira é uma escritora e jornalista portuguesa, vegana há muitos anos.

É autora de vários livros de cozinha vegana e em 2017 recebeu o Prémio Gourmand World Cookbook Awards, tendo ficado em 3º lugar, na categoria Vegetarian – Internacional com o livro Cozinha Vegetariana Para Quem Quer Ser Saudável.

O que realmente importa é construir pratos ricos, nutritivos, que potenciem a nossa saúde sem que seja necessário perder um sabor delicioso.

Neste livro podes encontrar mais de 90 receitas de refeições, snacks e sobremesas. Por exemplo batidos, iogurtes, granola, barritas energéticas, biscoitos, tartes e várias refeições principais como hambúrgueres, bolonhesa e outros.

É realmente uma boa ferramenta na cozinha, com receitas fáceis, econômicas, explícitas e ingredientes fáceis de encontrar no mercado.

Se te deixares seduzir por ele o único problema é que vais desejar comprar a coleção inteira. (Que vale muito a pena!)

#3- O Vegetariano

“Guia essencial para uma alimentação vegetariana saudável, saborosa e descomplicada” (sic)

É considerado a Bíblia da alimentação vegetariana estrita. Foi publicado este ano em Portugal, estando há venda apenas há umas semanas, mas muito promissor.

Escrito pela nutricionista Sandra Silva, vegetariana estrita, que é uma referência nacional na área da alimentação vegetariana. Dá consultas de nutrição e é autora do blog O Vegetariano.

É também coautora de manuais de linhas de orientação em alimentação vegetariana editados pela Direção Geral de Saúde.

Coloco aqui este livro não pelas receitas, mas pelo conhecimento essencial que transmite para uma alimentação vegana.

Imprescindível a principiantes e útil a qualquer pessoa, este livro contém informações sobre benefícios e riscos deste tipo de dieta, alimentos que não devem faltar em sua casa e alimentos a evitar e especialmente como evitar carências nutricionais.

Tem ainda 20 receitas práticas e completas.

#4- Vegano sem frescura

Há elementos neste livro que achei fascinantes.

O primeiro é que a comida é deliciosa. Thug Kitchen mostra como podes criar comida vegana deliciosa sem falhar.

O livro inclui receitas com muitas instruções como os iniciantes precisam.

O segundo é que desmente o elitismo, a ligação entre comer comida saudável e a riqueza demonstrada pelas cozinhas afortunadas das pessoas com mais poder económico.

As receitas não exigem nenhum utensílio de cozinha sofisticado ou um creme de ingredientes que só se encontram no outro lado do mundo.

Qualquer pessoa pode construir refeições saudáveis, deliciosas e sem deixar os legumes de lado!

"Comida de verdade, porra!" é o lema deste livro.

O terceiro é o tipo de linguagem utilizado. Linguagem simples, não elitista que torna a leitura hilariante. Muitos livros de receitas são chatos e aborrecidos - é garantido que este não é.

Como exemplo, veja como descrevem o café da manhã, saladas e sopas:

  • Carpe Diem, Caramba!
  • Comida a Jato
  • Para Aquecer a Alma

Se isto não é hilariante, o que será?

Além disso, já disse que este é um livro Bestseller do New York Times? Isto diz-nos algo acerca do livro, pela forma como os críticos o vêm.

#5- Marmita Vegana

“Receitas rápidas e fáceis, a qualquer hora, em qualquer lugar.” (sic)

Com tantos veganos pelo mundo a trabalhar fora de casa e em algumas regiões sem grandes opções na restauração, o que seria deste post se não referisse um livro dedicado à marmita?

Para além disso, muitas vezes as opções da restauração não são as melhores para uma alimentação diária.

Frequentemente existem apenas opções de fast food, pratos não saudáveis ou pratos que não têm todos os nutrientes que qualquer ser humano precisa para se manter saudável.

Nos dias de hoje, muitas pessoas não despendem do tempo que desejariam para preparar as suas refeições do dia a seguir. Assim, este livro ajuda a criar pratos rápidos sem descurar da saúde.

Os autores Jérôme Eckmeier e Daniela Lais apresentam aqui 100 diferentes receitas de sopas, snacks, saladas, entradas, refeições frias e quentes e sobremesas para levares para o almoço ou jantar.

Incluí ainda estratégias de planeamento, conservação e transporte das refeições.

#6- Diário De Uma Vegana

Um livro pessoal da famosa escritora e apresentadora brasileira Alana Rox.

Inicia-se como um diário contando a história de Alana.

Segue-se com várias dicas de culinária e conhecimento sobre ingredientes e com as magnificas receitas de Alana.

Apresenta receitas práticas, fáceis de compreender e a maioria rápidas de fazer.

No final incluí ainda estratégias de limpeza do lar com ingredientes naturais ou que facilmente encontramos no mercado, como o vinagre de sidra, limão e o bicarbonato de sódio.

Definitivamente um livro que transmite sobretudo amor, tanto pela linguagem que a escritora utiliza como pelas receitas.

#7- Vegano? Porque Não?

“125 receitas criativas para arrebatar até o carnívoro mais convicto” (sic)

«Sem carne, ovos ou laticínios, não é tudo comida de passarinho! E os seus amigos vão adorar.» este é o lema do livro de Kristy Turner.

Kristy Turner tal como a maioria dos veganos, nem sempre foi vegana. Muitas vezes dizia: «Vegana? Nem pensar!» e considerava ser vegano um pouco extremista.

No entanto, após conhecer os problemas da alimentação com base animal e do sofrimento animal, percebeu que afinal não era assim tão extremista e rapidamente se tornou vegana.

Com este livro a autora apresenta 125 receitas, quebra preconceitos e revela que não é assim tão difícil livrar-se da carne e dos laticínios.

É possível fazer comida deliciosa à base de plantas e trazer os amigos carnívoros a jantar em tua casa.

Alimentos como linguiça vegana, queijos veganos, molhos especiais, entre outros são geralmente caros para comprar já feitos no mercado.

Com este livro têm várias receitas deste tipo de alimentos para aprender a fazer em casa de forma mais econômica. Por exemplo, o seitan caseiro, molho de churrasco e o tofu com natas.

Receitas de queijos como por exemplo:

  • Chèvre de tofu
  • Mac & cheese com bacon de tempeh e parmesão de nozes-pecãs
  • Gratinado de batatas, espinafre e feta de tofu

A autora apresenta ainda um capítulo que se destina a não imitar o sabor da carne ou dos laticínios. E onde pelo contrário foca o sabor delicioso dos vegetais. Por exemplo:

«Bolinhos De Milho Com Molho Cremoso De Limão e Pimenta»

Bolinhos de milho

Como não podiam faltar, o livro incluí receitas de sopas, pizzas e sobremesas.

#8- Como Assim Vegan?

Com uma capa super bonita que já nos deixa água na boca, este livro de Inês David é mais um excelente amigo para ter na cozinha.

Inês David é vegana e também autora do blog ines.lv, onde pode encontrar várias receitas.

No seu livro apresenta uma linguagem simples, muito boa organização e várias dicas que são úteis na hora H.

Com quase cem receitas que incluem ensinamentos básicos, pequeno-almoço, entradas, pratos principais e sobremesas.

Os leitores caracterizam este livro como sendo uma lufada de ar fresco entre tantos outros livros de culinária vegana.

#9- Os Segredos Veganos de Isa

Livro lindo, muito bem ilustrado e com receitas simples e rápidas de concretizar.

Isa Moskowitz é vegana há cerca de 20 anos e já escreveu vários livros deste tipo de culinária.

Com a sua experiência e criatividade na cozinha, ajuda-te a criar sabores ricos, completos e multidimensionais que excedem o sabor de pratos de carne que se possam comparar.

A maioria das receitas são práticas, muitas vezes possíveis de fazer em menos de 30 minutos.

Com mais de 150 receitas inclui uma introdução onde Isa conta os seus segredos, sopas, saladas, massas, risotos, ensopados, chillis e curries, almoços especiais, pequeno-almoço, brunch e sobremesas.

Deixo aqui uma imagem do livro para verem como é lindo e divertido.

Isa reservou também um tempo para adicionar variações às receitas, para o caso de se pretender refeições livres de glúten ou livres de nozes, por exemplo.

#10- Vegan para todos

“Now I can look at you in peace, I don’t eat you anymore” Franz Kafka

Esta é uma citação que André e Rita fazem no seu livro.

Para além de ter mais de 80 receitas simples, super coloridas e deliciosas, o casal fala também sobre si e sobre o veganismo. Razões para se tornar vegano, como começar e como inspirar outras pessoas a fazer o mesmo.

A sua forma de ativismo é através dos seus cozinhados maravilhosos.

Se ainda tem dúvidas em relação a este livro único, pode ainda dar uma espreitadela no blog do casal que é simplesmente fantástico: Cocconcooks.com

Conclusão

Antes de terminar o post, quero realçar que apesar da frequente procura de comidas que simulem o sabor de algo não vegano, como o bacon ou queijo, devemos ter presente que estes alimentos não são saudáveis.

E uma dieta com carne ou queijo falsos, também não. Continuam a ser alimentos muito processados e não saudáveis se os comprarmos no supermercado.

Por ser vegano não significa que não possa ficar doente.

É necessária uma dieta com cereais integrais e à base de plantas para nos mantermos saudáveis.

Sair da "linha" de vez em quando é aceitável, mas não devemos esquecer que os ingredientes saudáveis é a natureza que dá.

Por fim, após estas 10 dicas de livros incríveis, deixo-te com a tua reflexão interior.

Consoante as necessidades e prioridades escolhe os livros que mais te agradam ou então cria a tua própria biblioteca aos pouquinhos.

Bem sei que entre estes livros de pessoas tão talentosas fica difícil escolher (:

Sê Saudável


Este post contém links de afiliados, o que significa que posso receber uma pequena comissão, sem nenhum custo adicional, se você comprar através destes links.

Cláudia Reis

Olá! Sou a Cláudia e adotei a alimentação vegana há mais de três anos. Licenciei-me na área da saúde mas o que eu realmente prezo é a liberdade e o prazer que viajar me dá!

O Chocolate After Eight É Vegano?
Previous Post O Chocolate After Eight É Vegano?
Açúcar Refinado: Porque Poderá Não Ser Vegano
Next Post Açúcar Refinado: Porque Poderá Não Ser Vegano