As Pipocas São Veganas? Descobre Tudo o Que Precisas de Saber

As Pipocas São Veganas? Descobre Tudo o Que Precisas de Saber

Quando penso em pipocas, lembro-me de ficar ansiosa na fila do cinema enquanto esperava pelo grande momento: ver um grande filme e comer umas deliciosas pipocas.

As pipocas são o melhor snack de todos os tempos, mas será vegano?

A pipoca é vegana. Se pensarmos bem, a pipoca é apenas um tipo de grão de milho que é aquecido até estourar, resultando numa pipoca deliciosamente crocante. O que pode não ser vegano são muitos dos aromas adicionados, como, manteiga, bacon, queijo, mel, chocolate branco, entre outros.

Neste artigo, explico em detalhe como a maioria das pipocas são feitas e partilho marcas de pipoca veganas, bem como formas de as fazer a partir de casa.

Como é Produzida a Pipoca?

O milho da pipoca cresce em caules como qualquer outro milho e pode ser colhido da mesma maneira.

Para colher milho de pipoca de boa qualidade várias precauções devem ser tomadas. Por exemplo, as plantas do milho da pipoca (zea mays everta) são diferentes das plantas do milho comum, e por isso, são necessários ajustes na maquinaria de forma a evitar danificar os grãos da pipoca durante a colheita e descascamento.

Isto é importante porque o dano no pericarpo do grão reduz a sua capacidade de expansão ao estourar, diminuindo a qualidade do produto.

Depois do milho ser separado e limpo, ele é seco para obter o nível de humidade certo e ter a máxima capacidade de expansão. Ele é depois armazenado de forma a que a humidade não seja alterada.

O milho de pipoca é geralmente entregue às respetivas companhias/marcas quando tem entre 13,5 a 14,5% de humidade.

Diferentes Tipos de Milho

Embora existam diferentes variedades de milho, o único milho que estoura naturalmente é o da pipoca. Outros tipos de milho podem ser inflados mas requerem processos mecânicos especiais.

Existem 6 tipos de milho que se enquadram em dois grupos básicos: mole ou duro. Isto é determinado pela quantidade de amido duro ou mole contido no grão.

O milho mole mais comum é o milho dentado que pode ser usado para fazer talco para bebés, tortilhas, cereais matinais, ração para gado, e até mesmo etanol.

Outros tipos comuns de milho mole são o milho doce e o milho farináceo.

O milho pipoca enquadra-se na categoria de milho duro. Diferencia-se do milho mole tradicional em alguns aspetos: é feito totalmente de amido duro e tem um pericarpo muito duro que permite que a pressão e temperatura internas aumentem o suficiente para estourar.

Hoje em dia, a pipoca é geralmente feita de dois tipos de milho que são combinados de forma a atingir certas caraterísticas desejáveis. Por isso, é possível encontrar variedades de pipocas (também conhecidas como híbridas) de diferentes tamanhos, texturas e formatos.

Fazer a Pipoca Estourar

Para fazer a pipoca estourar é necessário um equilíbrio entre a humidade do grão (geralmente garantida pelos fornecedores da pipoca) e o calor.

Se o grão for aquecido muito rapidamente, o amido no centro do grão não é gelatinizado e amolecido, então, quando a borda externa do amido atinge a temperatura necessária para causar a rutura do pericarpo, o amido não cozinhado no interior do grão é incapaz de se expandir.

É necessário aquecer o grão a um ritmo lento o suficiente, de forma a cozinhar o amido até ao seu núcleo, antes que o pericarpo se rompa e esteja pronto para a expansão.

Por outras palavras, o grão deve ser aquecido na temperatura certa. Ao comprar milho de pipoca no supermercado, esta informação deverá estar descrita no rótulo.

Tendo isto em conta, existem  diferentes métodos que podemos utilizar para fazer a pipoca explodir: óleo quente, ar quente e micro-ondas.

Fazer a Pipoca Estourar com Óleo Quente

Este é provavelmente o método mais utilizado em bancadas de venda de pipocas e em casa, pelo menos era, antes da invenção dos micro-ondas em 1964.

Estourar milho de pipoca pode ser feito utilizando maquinaria, embora esta abordagem seja mais utilizada por empresas de venda de pipoca.

A partir de casa, fazer estourar pipoca utilizando um fio de óleo, é simples. Podes usar uma boa panela de fundo grosso, colocá-la no fogão, juntar o óleo e os grãos de milho e voilá.

Fazer a Pipoca Estourar com Ar Quente

Os primeiros recipientes para fazer pipocas com ar quente que existiram, eram cestos de arame que continham uma pequena quantidade de pipoca e eram colocados sobre o fogo para estourar. O processo envolvia sacudir o cesto rapidamente para evitar que o milho queimasse.

Hoje em dia é possível adquirir pequenos eletrodomésticos para fazer pipocas com ar quente em casa, como este da Britânia. A maioria têm um preço acessível.

Fazer a Pipoca Estourar com Forno de Micro-ondas

Se foges dos grãos de milho a sete pés e procuras uma maneira fácil e rápida de ter pipocas, então colocar um saco de pipocas pré-preparado no micro-ondas é uma boa opção.

Atualmente, este é o método predominante de fazer pipocas em casa, no entanto, não é o mais saudável.

Como Fazer Pipoca Vegana em Casa

Como mencionei em cima, para fazer estourar pipocas em casa podes usar uma panela com óleo, ou adquirir uma pipoqueira elétrica com ar quente.

Utilizar a máquina de fazer pipocas não tem grande ciência, dado que a máquina faz tudo por nós, apenas é necessário colocar o milho.

No entanto, se for para utilizar uma panela com óleo, existem maneiras específicas de o fazer. Ao aprender sobre este tópico, apercebi-me que andei a estourar pipocas da forma errada toda a minha vida.

Segui a receita do blogue Cookie and Kate, que mostra como fazer pipocas perfeitas em 5 passos simples:

  1. Numa panela grande e de fundo grosso, em lume médio, adicionar o óleo, 2 grãos de milho, tapar e esperar que estourem;
  2. Assim que os 2 grãos estourarem, desligar o fogão, adicionar o milho restante, tapar a panela, dar um abanãozinho para uniformizar e deixar descansar por 1 minuto;
  3. Ligar o fogão em lume médio, colocar a panela e deixar cozinhar, abanando de vez em quando para que os grãos cozinhem por igual. Quando começarem a estourar, inclinar um pouco a tampa para permitir a saída de vapor;
  4. Continuar a cozinhar até os grãos começarem a estourar de forma mais lenta;
  5. Colocar as pipocas numa taça e polvilhar com cobertura a gosto.

Marcas de Pipoca Veganas no Brasil

A maioria das pipocas prontas e de micro-ondas são veganas, ainda assim, podem surgir algumas com ingredientes de origem animal. 

Algumas marcas são mistas, vendendo alguns sabores veganos e outros não.

Deixo aqui algumas sugestões de pipocas que não tenho dúvidas que são veganas.

Pipocas Prontas

  • Flow Foods

A Flow Foods comercializa pipocas orgânicas e veganas. Todos os produtos são veganos.

  • Da Magrinha

A marca confirmou que todas as suas pipocas são aptas a veganos.

  • Maïs Pura

É uma marca 100% vegana com pipocas de sabores cacau, caramelo e coco, tomate defumado, lemon pepper, caramelo e flor-de-sal, e puro mascavo.

  • Mãe Terra

Os produtos da Mãe Terra são veganos e as pipocas – nupocas – são orgânicas, de sabores doce, cacau e açúcar mascavo com coco.

  • Viva Pop

As pipocas Viva Pop de sabor com um toque de sal, caramelo, chocolate, manteiga e tradicional não contêm ingredientes de origem animal.

Tinha dúvidas relativamente ao sabor de manteiga devido à presença de aromatizante e corante betacaroteno, no entanto a marca esclareceu que o produto não tem ingredientes de origem animal.

  • Taeq

Ervas finas, & Maçã canela e linhaça.

Pipocas de Micro-ondas

  • Jasmine

Pipoca Zero Natural & Pipoca Zero Alho e Orégano.

  • Da Magrinha

A marca confirmou que todas as suas pipocas são aptas a veganos.

  • Yoki

Pipoca para micro-ondas naturalnatural com sal.

  • Qualitá

Pipoca para micro-ondas natural com sal.

Marcas de Pipoca Veganas em Portugal

A maioria das pipocas em Portugal são veganas, mas é sempre bom confirmar possíveis manteigas, ou corantes que possam ter sido adicionados.

Pipocas Prontas

  • Urban Foods

Urban Foods é uma marca vegana com pipocas de sabores: doce e especiarias, e cocoa pops.

  • Bett’r

Pipocas com sal marinho com selo vegano e ingredientes biológicos.

  • A Saloinha – Spop

As pipocas Spop da marca A Saloinha são veganas. Muitas contêm beta-caroteno mas a marca confirmou que é de origem vegetal e apto a veganos.

  • Continente

Pipocas salgadas, caramelizadas salgadas, doces, doces com canela, mix doces/salgadas e pipocas coloridas.

  • Orcape

Pipocas salgadas e doces.

  • Titi

Pipocas salgadas e doces com canela.

  • Super Star

Pipocas doces e coloridas.

  • Pipocas doces das marcas Auchan, Pingo Doce, Dia e Jerónimo Valente

Micro-ondas

  • Popz

Pipocas doces, salgadas e salgadas & doces.

  • Bett’r

Pipocas com sal marinho têm selo vegano.

  • Auchan

Pipocas com sal sem gordura de palma & sabor a manteiga sem gordura de palma.

  • Pipocas doces das marcas Continente e Pingo Doce
  • Pipocas salgadas da marca Dia

Pipoca de Cinema é Vegana?

No Brasil, as pipocas dos cinemas Cinemark e Cinépolis são aptas a veganos.

À partida as pipocas dos cinemas Kinoplex também são veganas, no entanto, aguardo mais informações acerca do aroma e do corante betacaroteno utilizados.

Aguardo informações dos cinemas Cine Araújo, UCI, Cinesytem e Grupo Cine.

Em Portugal as pipocas que vendem nos cinemas NOS são veganas e têm apenas 3 ingredientes: milho, açúcar e óleo de origem vegetal.

Aguardo resposta dos restantes cinemas de Portugal acerca dos ingredientes utilizados para a preparação das pipocas.

Pipoca Yoki É Vegana?

A maioria das pipocas Yoki contêm ingredientes duvidosos que podem ou não ser de origem animal.

A pipoca Yoki para micro-ondas de sabor natural é vegana e tem apenas dois ingredientes: milho de pipoca e gordura vegetal. Também a pipoca natural com sal é vegana e tem apenas mais um ingrediente, o sal.

A pipoca de micro-ondas com cobertura de chocolate ou com cobertura de caramelo, não são veganas porque contêm leite condensado.

Aguardo informação por parte da Yoki sobre os restantes sabores.

Conclusão

A pipoca, na sua essência, é vegana. No entanto, é possível encontrar pipocas aromatizadas ou com temperos que incluem ingredientes de origem animal, como manteiga, mel, queijo, leite condensado, entre outros.

Podem também ser incluídos na receita ingredientes duvidosos que podem ou não ser de origem animal, como intensificadores de sabor, mono e diglicerídeos de ácidos gordos, betacaroteno e aromas.

Para comprar pipoca vegana temos de garantir que nenhum sabor de origem animal está incluído na pipoca.

Como existe uma grande variedade de marcas de pipoca no mercado é fácil encontrar pipocas aptas a veganos. Mas se existe uma marca específica que é a tua preferida e inclui ingredientes dúbios, o melhor é contactar a marca diretamente.


Este post contém links de afiliados, o que significa que posso receber uma pequena comissão, sem nenhum custo adicional, se comprares através destes links.

Cláudia Reis

O meu nome é Cláudia e tornei-me vegana há quatro anos. Tenho licenciatura em fisioterapia, adoro viajar e aprender sobre o corpo humano, veganismo e sustentabilidade. O amor que tenho pela natureza leva-me a querer contribuir para a liberdade e bem-estar animal.

O Couro Sintético É Vegano? Conheça Alternativas Mais Sustentáveis
Previous Post O Couro Sintético É Vegano? Conheça Alternativas Mais Sustentáveis
O Kefir É Vegano? (Fizemos Uma Pesquisa Para Descobrir)
Next Post O Kefir É Vegano? (Fizemos Uma Pesquisa Para Descobrir)